VERÃO. TEMPORADA DE ALERGIAS?

VERÃO. TEMPORADA DE ALERGIAS?

Segundo a Organização Mundial de Saúde, no Brasil, 30% da população sofre de algum tipo de alergia. Com os dias mais quentes, uma série de reações alérgicas podem aparecer devido ao calor. Esse calor da estação somado a festas e viagens formam uma combinação perfeita para surgirem reações alérgicas.

Como o calor faz as pessoas transpirarem mais, há mais contato da pele com acessórios e as reações mais comuns são sensibilidades a tecidos e a sulfato de níquel, material usado em anéis, brincos, colares e pulseiras.

Sinais que podem indicar alergia ao calor

Os sintomas de alergia ao calor podem ser:

  • Pequenas bolinhas vermelhas nas regiões expostas ao sol ou nas regiões que mais transpiram;
  • Coceira nestas áreas mais afetadas;
  • Pode haver formação de crostas nos locais das bolinhas devido ao ato de coçar a pele.

Estas alterações podem surgir em pessoas de qualquer idade, mas são mais frequentes nos bebês, crianças, idosos e pessoas acamadas. As regiões mais afetadas são o pescoço e as axilas.

Exposição ao sol

Especialmente no verão, a exposição excessiva ao sol pode provocar uma reação comumente confundida com alergia. São as brotoejas. Elas obstruem a passagem do suor e isso causa coceira, vermelhidão e até bolhas na pele. Parece uma reação alérgica.

Os casos de possíveis problemas no verão são grandes, muitos casos são realmente alergia, outros apenas sintomas parecidos. Além do cuidado é importante uma avaliação médica, possivelmente acompanhada por um teste, para chegar ao diagnóstico se, de fato, se trata de uma alergia.

Fonte: Agora Mato Grosso