SOBREPESO PIORA SINTOMAS DA ASMA EM CRIANÇAS

SOBREPESO PIORA SINTOMAS DA ASMA EM CRIANÇAS

Para crianças em idade pré-escolar, o excesso de peso/obesidade está associado a mais dias de sintomas de asma e exacerbações entre aqueles que não foram tratados com medicação diária e os corticosteróides inalados (ICS) estão associados a melhorias significativas entre pré-escolares com sobrepeso/obesidade, de acordo com pesquisas publicadas no Journal of Allergy and Clinical Immunology.

Pesquisadores da Duke University School of Medicine em Durham, N.C., examinaram as correlações entre o excesso de peso/obesidade e a gravidade da asma e a resposta aos corticosteróides inalados em pré-escolares. Os dados foram incluídos em três grandes ensaios envolvendo crianças de dois a cinco anos de idade, que compararam os dias de sintomas de asma anualizados e as exacerbações entre os participantes de peso normal e com sobrepeso/obesidade.

Os pesquisadores descobriram que, dentro do grupo não tratado com um medicamento diário, crianças com excesso de peso/obesidade tiveram significativamente mais dias de sintomas de asma e exacerbações do que crianças com peso normal. As crianças com excesso de peso/obesidade e de peso normal tiveram dias semelhantes de sintomas de asma e exacerbações dentro dos grupos tratados com ICS. Em crianças com excesso de peso/obesidade, o ICS diário versus placebo levou a menos dias e exacerbações de sintomas de asma anualizados, enquanto os efeitos protetores de ICS similares eram menos evidentes em crianças de peso normal.

Assim, nas crianças em idade pré-escolar com a terapia controlada, o excesso de peso/obesidade está associado a maior comprometimento da asma e exacerbações.

Fonte: Boa Saúde